Nada à declarar…

Não declaro que sou negro nem branco

Não declaro que sou pobre nem rico

Não sou vencedor nem vencido

Não moro na rua nem em palácio

Não sou de briga nem amasso

Não curto rock nem forró

Não declaro ser todo mundo

Mas também não declaro ser ninguém

Sou apenas do mundo

Sou para onde tu vais e de onde tu vens

Não declaro ter razão, mas também não tenho emoção

Da minha vida nem eu sei

O meu caminhar é sem destino

Minhas coisas não são minhas

Meus amores são castigos

Declaro apenas que existo

E não preciso me declarar para isso

Não declaro corupção, porém não sou correto

Sou tudo de incerto

Não declaro ter azar nem sorte

Não declaro nada, porque não gosto de ser declaração

Nessa vida de faixadas

Dar declarações pode ser uma roubada!

 

Djuliana Themistocles

discurso

Anúncios

Peço tempo…

Tempo…

O tempo que cura…

O tempo que maltrata…

O tempo da vida…

Tempo da chuva…

Tempo que me diz que é o tempo o culpado…

Tempo que me falta…

Tempo que sobra…

Tempo contado por horas, minutos e segundos…

Segundos que são parceiros e algozes…

Segundos que são contados para acabar ou começar…

Sagrados para os amantes, inimigos dos entediados…

Um dia querendo um tempo esse me faltou…

Pedi mais tempo, mas o Tempo impiedoso me negou…

Desejei que o tempo parasse, mas ele correu…

E sem fazer cerimônia me disse: seu tempo acabou.

“Tempo não me negues o que mais desejo…

Não quero nada além do tempo de um beijo…

Sentir que o tempo é eterno por um segundo…

Pra lembrar eternamente desse tempo que virou meu mundo.”

tempo

Nesse tempo de saudade…

Por favor Tempo, não me maltrate!

Djuli Themistocles

Perdições da descoberta…

Um dia descobri que para ser feliz é preciso amar

Amar sem reservas…

Amar por inteiro…

Amar sem interesse…

Amar sem motivos…

Amar por amar…

Descobri que é nescessario amar tudo

Amar amigos…

Amar trabalhos…

Amar a vida…

Amar amores…

Descobri que as coisas têm um tempo

Um segundo…

Um minuto…

Uma hora…

Uma vida…

Só precisam ser inesquesiveis…

Descobri meu mundo

No brilho de um olhar…

No despertar de um sorriso…

No voar de um beijo…

No transbordar de prazer…

Descobri que certas expressão são mágicas

Um eu te amo, cura…

Um me desculpa, alivia…

Um por favor, liberta…

E o silêncio de um abraço, acalenta…

Descobri a facilidade de viver na complicação dos relacionamentos…

Mas na verdade, me descobri ao me perder!

Djuli Themistocles