Peço tempo…

Tempo…

O tempo que cura…

O tempo que maltrata…

O tempo da vida…

Tempo da chuva…

Tempo que me diz que é o tempo o culpado…

Tempo que me falta…

Tempo que sobra…

Tempo contado por horas, minutos e segundos…

Segundos que são parceiros e algozes…

Segundos que são contados para acabar ou começar…

Sagrados para os amantes, inimigos dos entediados…

Um dia querendo um tempo esse me faltou…

Pedi mais tempo, mas o Tempo impiedoso me negou…

Desejei que o tempo parasse, mas ele correu…

E sem fazer cerimônia me disse: seu tempo acabou.

“Tempo não me negues o que mais desejo…

Não quero nada além do tempo de um beijo…

Sentir que o tempo é eterno por um segundo…

Pra lembrar eternamente desse tempo que virou meu mundo.”

tempo

Nesse tempo de saudade…

Por favor Tempo, não me maltrate!

Djuli Themistocles

Anúncios

1 Comentário

  1. esse é o mais lindooooooooo


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s